Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para busca 3 Ir para rodapé 4 Acessibilidade 5 Alto contraste 6

---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?

Frio
Turistas lotam a Serra Catarinense à espera da neve

Publicado em 18/07/2017 às 13:24 - Atualizado em 18/07/2017 às 13:24

Árvores congeladas foram atração para os turistas
Créditos: Wagner Urbano Baixar Imagem

As previsões estavam marcando a chegada do frio intenso na Serra Catarinense. As temperaturas despencaram e a possibilidade de neve atraiu milhares de turistas.

São Joaquim esgotou toda a capacidade de hospedagem. Os 680 leitos ficaram completamente lotados, assim como as 40 hospedagens alternativas cadastradas junto à Secretaria de Turismo. Muitas residências disponibilizaram leitos para que os turistas pudessem abrigar-se do frio.

Centenas de pessoas circularam pela cidade, lotando os estabelecimentos comerciais, principalmente aqueles que serviram alimentação. As praças João Ribeiro e Cesário Amarante estavam cheias de pessoas circulando à espera da neve.

Por volta das 17h foi registrado os primeiros flocos de neve e, posteriormente, chuva congelada, o que aumentou a preocupação com as rodovias, uma vez que trafegar torna-se muito perigoso.

A força tarefa montada pela Prefeitura de São Joaquim, juntamente com a Defesa Civil, Polícia Militar, Bombeiros, Jeep Clube, Rotary, Rotaract e Hospital, monitoraram desde domingo, 16, locais que poderiam apresentar problemas, assim como famílias com necessidades, andarilhos, entre outros.  Moradores de rua e andarilhos foram recolhidos em um abrigo provisório. Ao chegar a noite os termômetros começaram a despencar e o congelamento das árvores na praça foi mais um espetáculo que os turistas puderam conferir de perto.

Durante o domingo à tarde e boa parte da noite, assim como segunda, 17, tarde e noite, a Casa do Turista estava aberta recepcionando os visitantes, imprensa e autoridades que chegavam ao local, dando suporte, servindo chá de maçã, café, pinhão e maçã. Na noite de segunda, também foi disponibilizado os auditórios da ADR São Joaquim e do Forum para abrigar pessoas que não tinham onde se hospedar.

A equipe da Prefeitura de São Joaquim acompanhou todo o andamento dos trabalhos, assim como o atendimento às pessoas que necessitaram de auxílio com lenha, por exemplo. “Procuramos fazer um trabalho de apoio aos turistas, às famílias necessitadas. Foi muito gratificante ver o empenho de todos na recepção aos turistas e no trabalho de monitoramento. Cabe agradecer a todos e também às famílias joaquinenses que abriram suas residências para abrigar os visitantes. Foi um trabalho exemplar e uma prova que a parceria traz ótimos resultados”, comenta Giovani.

Também esteve presente o Secretário de Estado do Turismo, Leonel Pavan. Pavan salientou que não estava como turista, mas sim veio à Serra, em especial a São Joaquim para verificar a demanda e a importância dos investimentos na região para o desenvolvimento turístico.